Bolso de Recuerdos

Desencontro | 14/02/2009

desencontro

Ainda ontem, passei por aquele bar em que nos encontramos pela última vez. Vi aquela mesa em que nos sentamos e conversamos sobre a vida. Naquele dia, você não entendeu meus sinais e a gente se despediu sem dar chances para aquele sentimento que adormecera por anos em mim e em você.

Engraçado que falamos sobre isso depois do encontro. Você até disse que sentia uma forte atração por mim e a gente nunca soube porque nunca rolou. A nossa história tem de ter algum propósito, afinal nos conhecemos há uns 7 anos e desde o primeiro dia nos desejamos, tentamos ficar juntos, você fugia, eu fugia e quando a nossa estrada parecia caminhar na mesma direção, apareciam outras pessoas, outros amores. Porque?

Minha mãos sempre estiveram próximas de te alcançar. Seus dedos sempre tentaram se perder em meus cabelos. Então, porque não conseguimos?

Hoje sei que isso se perdeu, não é mais tão possível quanto há dois meses atrás. Você tem uma vida diferente, medo do novo e da decepção, do amor, da entrega. Prefere se esconder…Acho que já superei essa fase. Então, de novo estamos em caminhos diferentes…

Trilha sonora do post: “Meu plano” – Daniela Mercury

Anúncios

Publicado em Passado presente

1 Comentário »

  1. Não há sentimento pior do que o que surge qdo nos deparamos com a realidade do desencontro. De repente, somos obrigados a colocar todos os nossos desejos no bolso, novamente, e partir…
    AMO vc.

    Comentário por MG — 20/02/2009 @ 19:03


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

    Blog Stats

    • 1,010 hits
    "Porque metade de mim é amor e a outra também". (Fernando Pessoa)
%d blogueiros gostam disto: